“Uma Separação” apresenta uma protagonista apática frente a um horror iminente

Primeiro romance de Katie Kitamura a desembarcar no Brasil começa como um thriller e termina como uma grande reflexão sobre a complexidade das relações amorosas


Primeiro romance de Katie Kitamura a desembarcar no Brasil começa como um thriller e termina como uma grande reflexão sobre a complexidade das relações amorosas

Após anunciar o fim do casamento, Christopher pede a agora ex-mulher que a separação por enquanto fique entre os dois. Meses após o distanciamento, a protagonista é surpreendida com a ligação de Isabella, sua ex-sogra, à procura do filho. Sem saber do paradeiro de Christopher, a protagonista não tem muito o que dizer, mas consegue fazer com que a separação dos dois não seja percebida. Mais tarde, Isabella descobre que o filho viajou para uma ilha remota na Grécia, e compra uma passagem para a protagonista ir buscá-lo.

A protagonista, que propositalmente não tem nome na obra, vai atrás de Christopher sem saber o que vai encontrar. Um homem que pode estar sozinho ou pode estar acompanhado, mas acima de tudo que provavelmente não quer vê-la. E qual seria sua reação ao encontrá-la? Iria se sentir encurralado, iria pensar que a ex-mulher veio pedir a reconciliação, ou entenderia que se trata apenas de uma pessoa preocupada com o seu paradeiro?

Ao chegar no hotel em que Christopher está hospedado, a ex-mulher é informada pelos funcionários de que ele está sim hospedado ali, mas que estava naquele momento passeando pelas redondezas, para conhecer o povoado. A protagonista decide pedir um quarto e esperar pelo ex-marido. Essa espera se torna angustiante com o passar dos dias, com a protagonista se vendo sozinha em um resort de luxo vazio, com uma piscina que tem vista para montanhas dilaceradas pelos incêndios florestais.

Torna-se surpreendente a apatia da protagonista frente a um provável desaparecimento do ex-marido, que está fora do hotel há dias e sequer levou suas malas junto a ele. A obra se aproxima de um thriller ao causar suspense sobre o paradeiro de Christopher e isso de fato faz com que o leitor não queira parar de ler, até descobrir o que aconteceu com aquele homem.

Enquanto o caso não é esclarecido, com o passar das páginas vamos conhecendo mais sobre Christopher. Basicamente, o livro é sobre ele, com a protagonista lembrando de seu passado, sua relação com o trabalho, com os amigos e com a família. Inclusive, muitos pontos negativos sobre ele são ditos pela ex-mulher, com ela chamando atenção para seu histórico de traições, passadas de perna em seus colegas, e suas outras atitudes que denotam uma persona completamente narcisista.

Mesmo conseguindo enumerar todos esses pontos negativos, fica a pergunta do motivo que manteve a protagonista em um relacionamento com ele. O que a atraiu, sendo que ela tinha conhecimento desse caráter que se distancia da moral?

Durante toda a história, a protagonista não chama atenção apenas para a beleza física de Christopher, mas repara no corpo de todas as pessoas que ela vai encontrando naquela ilha grega. Ela faz assim com Kostas, Maria e Stefano, por exemplo. Aparentemente, a superficialidade estética a manteve no casamento com aquele homem.

Na segunda metade da obra existe uma guinada em outra direção, após a concretização de uma morte antinatural de Christopher, o que é o que o leitor provavelmente esperava que tivesse acontecido. A partir daí, a história parte para uma reflexão interessante sobre o luto, sobretudo quando os pais de Christopher chegam à ilha grega para levar seu corpo para a Inglaterra.

Não é um livro inesquecível, e muitas vezes ele parece até sem um objetivo claro, sem mostrar um lugar onde ele quer chegar. No entanto, durante as pouco mais de duzentas páginas, somos sugados para dentro da história, hipnotizados pelo desaparecimento e depois compadecidos pela perda precoce.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Comments (

0

)

%d blogueiros gostam disto: